em Técnico

Potência elétrica é todo trabalho realizado por uma determinada corrente em um intervalo específico de tempo. Antes de alugar um gerador de energia é importante conhecer os três tipos de potência, que se relacionam entre si porém possuem particularidades que se diferem:

Potência Ativa: É a energia que será realmente utilizada, está relacionada com a geração de calor, movimento ou luz. Resultado do gasto energético após o início de cada processo de transmissão de energia, como o da corrente elétrica até os equipamentos que temos em casa, ou mesmo em máquinas industriais. A potência ativa pode ser medida em Watts (W) ou Kilowatts (KW) por meio de um aparelho chamado kilowattímetro.

Potência Reativa: Não é a energia que liga os equipamentos eletrônicos, mas funciona entre o gerador de energia e a carga em si, ficando com a tarefa de manter um campo eletromagnético ativo em motores, reatores, transformadores, lâmpadas fluores, etc. Sua medida é realizada em KVAR (Kilovolts Amperes Reativos).

Potência Aparente: Está é a soma das potências Ativa e Reativa também chamada de energia total, muito importante para mostrar onde há necessidade de melhorias no fornecimento de energia elétrica e indicar se a energia consumida é suficiente pra o abastecimento. Além disso, um fator de baixa potência pode provocar vários prejuízos como queima de motores, aumento no consumo, redução de aproveitamento dos transformadores, aquecimento de condutores e diminuição da vida útil das instalações.

Veja o exemplo a seguir mostrando de maneira ilustrada como se comportam os três tipos de potência: